Saturday, September 4, 2010

FRANCE 3

Em Março de 2004 a estação France 3 emitiu um debate sobre a pederastia na Europa e dedicou uma hora e meia ao debate da pederastia em Portugal e ao caso Casa Pia. Um agente da CIA deixou claro - nunca é demais relembrá-lo - que pela sua mão tinha passado uma lista de 500 nomes da rede de clientes (daquele bordel de órfãos) com relevância política e económica no território. A TV5 difundiu esse debate que foi visto no território portugês como em todo o mundo. E ninguém se mexeu sequer. Ficou tudo muito caladinho à espera que o tempo passasse. E o idiótico processo Casa Pia prosseguiu ronceiramente até à sentença de hoje onde -ó surpresa- dá por não provado o que toda a gente sabe em todo o mundo. Entende não provado que haja uma rede. Mas vai mais longe, ao criar as condições perfeitas para a sua anulação. Seja por condenar arguidos sem dizer (nem sequer resumidamente) em que provas se fundou, seja por (quando esses fundamentos forem conhecidos) se afigurar muito provável que sejam simplesmente disparatados. A imolação pública dos seis anormais concluir-se-á então por um abrandamento das penas ou pela sua anulação e, ao abrigo do regime de execução de penas, os anormais que à prisão chegarem serão soltos com relativa brevidade. Os juízes serão promovidos pelos preciosos serviços que prestaram à tranquilidade pública e a rede de clientes adaptar-se-á para cevar os seus anómalos apetites de forma mais segura. Alguns clientes, que incógnitos hão-de continuar, até rirão dos receios que tiveram. E com rigor - é triste reconhece-lo - só a CIA conseguirá dizer que coisas haviam de merecer os palermas da oitava vara.

No comments:

FIND MADDIE!

Loading...