Wednesday, March 31, 2010

"Não sei de nada"

"Não sei de nada", diz Barroso. "Não sei de nada", diz Portas. "Não sei de nada", dirá pela certa o almirante. E o advogado da sociedade, mais as outras sociedades dos outros advogados. E o Procurador Geral da República. É como vos dizemos: quando se ouve a expressão "não sei de nada", na tugária, manda a mais elementar prudência que se saque o revólver.

No comments:

FIND MADDIE!

Loading...