Monday, March 14, 2011

CRISE ECOLÓGICA NUCLEAR

O mundo estremece enquanto os idióticos "meios de comunicação social" da tugária se preocupam com a "crise política" doméstica. Todavia o Japão está a braços com um problema de contaminação nuclear e com as consequências económicas da quebra de energia eléctrica, que evidentemente condiciona a vitalidade económica. É mais um motivo de alarme, exigindo que se volte a pensar na solução das centrais nucleares e no perigo que representam. Desde a explosão da central ucraniana que ninguém tinha sido forçado a pensar neste problema e sob uma pressão destas. No caso da Ucrânia, tranquilizaram-se os especialistas com as diferenças de soluções técnicas e regulações de manutenção. Mas agora não há melhores soluções que as japonesas. É preciso voltar a pensar nisto. E é preciso pensar bem. Os idiotas da tugária andavam a ponderar a "opção nuclear". Havia de ser lindo. Imagine-se  uma situação destas  (Portugal é uma zona sísmica) com as desorganizações assentes nos climas de trabalho que se gerem pelo mobbing (o mobbing, na tugária, integra a gestão de pessoal como seu principal instrumento). É impensável ter uma central nuclear na tugária. Era morte segura - a maior ou menor prazo -  da peninsula inteira e de boa parte do Norte de Africa. Estes tarados têm de ser impedidos de agir como se fossem gente normal.  E têm de deixar de ser ouvidos nestes termos. Não são gente normal e são indignos de qualquer confiança. Uma central nuclear em território português é ameaça séria a todos os povos circunvizinhos. Sim, pela inépcia. E pela completa ausência de qualquer noção de boas maneiras, de elementar decência, ou das regras da proporcionalidade. Isso gera uma situação de falta de respeito pela vida humana que deixa a vida de qualquer pessoa ao alcance da histeria de qualquer outra, sem defesa praticamente viável mesmo que em teoria seja possivel. (Eles copiar  as soluções lagais alheias vão copiando, embora mal, mas aplicar a péssima cópia e a frustre tradução , isso já depende de uma judicatura de sopeiras, de tasqueiros e talhantes, com umas jusflausinas e uns jusalcoviteiros à mistura, mais os filhos de uns e outros que ameaçam herdar os cargos por "concursos " estranhos). A preparação e organização japonesas, que têm sabido evitar e resolver tantas crises, ficaram afundadas na lama. A terceira economia do mundo ameaça um arrefecimento letal. E com um sério problema nuclear entre mãos. Isto é impressionante. Realmente. Os especialistas espanhóis estão em reunião permanente a seguir a crise japonesa. Como os Franceses (que têm mais de cinquenta centrais nucleares). Eis um problema. Não há dúvida.

No comments:

FIND MADDIE!

Loading...