Friday, June 18, 2010

A carraça e os cães

É terrível a carraça Sousa Lara no pêlo da "vida nacional". Reapareceu. E disse que voltava a fazer o mesmo. Ninguém tem dúvidas. Está-lhe na natureza, provavelmente. Adoptava um ar de autoridade, o arguido da Moderna. O ultramontano "social-democrata", o papista-maçon (da imunda casa do sino, ou P2 rural) lembrou que o governo onde foi "sub" (designação oficial e que se lhe ajusta como um manto) tinha sido eleito por 51% de votos "à direita". Ninguém, alguma vez, conseguiu definir uma "social democracia" de direita, a não ser talvez o próprio Lenine, ou porventura a Rosa Luxemburgo. Mas quem define o país é este "sub", segundo o título que ostentou (era o "sub" de Santana Lopes). Não certamente Saramago. Saramago quis representar "este país". Represente. Mas isso será sempre servir de máscara. Este país é a estupidez. E é preciso erradicar a estupidez.

No comments:

FIND MADDIE!

Loading...