Saturday, October 8, 2011

O ALARME INSTALA-SE NA TUGÁRIA

Nada poderia dar-nos maior satisfação que o medo a invadir as hordas de parasitas do estado da casa pia. A imunda corja está a pagar a situação debitória com os impostos e portanto em breve lhes falharão as verbas para sustentar a sua própria e imunda existência. Bem entendido, a corja pilhará entretanto o que puder, assaltará o que conseguir e boa parte dela esperará ainda obter alguns "resultados positivos" para si própria. Nisto morrerá gente nossa. Os nossos doentes, os nossos velhos, muitas das nossas crianças não poderão sobreviver. É infelizmente assim. Como se esperava, a Administração Interna não teve cortes orçamentais. Os últimos investimentos são nas forças repressivas. Mas em breve será a corja assaltada pelos seus próprios servos. E as suas crias gritarão de desespero pelas ruas pejadas de escombros. Nenhum de nós terá de por-se em campo, para tanto. Eles matar-se-ão entre si. Mais seis meses e é duvidoso que este arremedo de Estado possa ainda existir, com ou sem cortes na Administração Interna. Mas a falta de cortes na Administração Interna significa que o principal perigo para a segurança das populações virá justamente dos serventuários enlouquecidos das polícias e das armas que lhes foram distribuídas. É imprescindível que se matem entre si. É, de resto, provavelmente quanto ocorrerá. Mas é preciso observar, estimular e dirigir para que isso se concretize. E da concretização disso dependem muitas vidas.

No comments:

FIND MADDIE!

Loading...