Sunday, November 6, 2011

AMERICA DO SUL E DESTINOS DA EUROPA DO SUL

A América do Sul comemora hoje a vitória sobre o projecto ALCA, rejeitado pelos estados sulamericanos para desespero dos skull and bones e do "cristão renascido" Bush. E hoje mesmo a Nicaráguia vai às urnas, esperando-se a recondução do comadante Ortega. E a Guatemala também vai ás urnas, atestando ainda os resultados da dominação do continente pelo norte: 60% de crianças sub nutridas, mais de tres mil homicidios por ano, indices de pobreza de que é melhor não falar para não nos indispormos. O Brasil continua a demilição das favelas do Rio, realojando algumas famílias, parece, pretendendo eventualmente realojar todas, mas o certo é que retira aos pobres o direito à cidade e atira-nos para a periferia. Mais um motivo para voltar a olhar para a Venezuela do comandante Chavez que atingiu as metas deste ano para o programa nacional de realojamento com a construção e entrega de perto de trezentas mil casas. Porque as pessoas não vivem em lugares sem dignidade por gosto. E "limpar o Rio" podia perfeitamente ter-se feito entregando à pobreza a chave para a dignidade da vida quotidiana. Estes temas têm para a Europa do Sul um grande importância porque a ruína e a pobreza espreitam as populações do alto da "austeridade" que vai construindo a ruina, fazendo recuar o pib e reduzindo a população a situações de pobreza que em breve farão voltar a mortalidade infantil, a sub-nutrição, a redução drástica da esperança de vida. Inteligente aqui é a resistencia. O protesto. A revolução. E o exemplo é o dos dirigentes da América Latina. Mas sem esquecer os bravos norte-americanos que protestam em wall street e contra wall street. Sem esquecer também os bravos gregos, os bravos catalães, bascos, galegos, andaluzes, madrilenos, os bravos italianos e os bravos franceses que trazem a rebelião às ruas e aí a têm mantido presente como a primeira flor na árvore da revolução europeia, despontando ao sol ocasional de inverno mas anunciando já a primavera nova. Talvez a tugária desapareça. (Esperança sobre todas luminosa). Ver as pseudo faculdades de Direito a arder, os canalhas do tribunal constitucional sentados como réus em tribunal popular, os canalhas dos tribunais administrativos respondendo pelo que ousaram fazer, os canastrões da ordem dos advogados como porteiros de bares de putas em Vigo. e  a sórdida paneleiragem papista remetida em massa à cidadela do vaticano, expulsa do território e com as organizações proíbidas, pela indecorosa exploração da miséria, prática de trabalho escravo infantil, abuso sexual de menores, chantagem confessional e política. Havemos de ajustar contas, sim. Isso virá. A tugária vai acabar, sim. Querem impor-nos a ruína dos estrategas (agora dizem "estrategos") da "alta finança". E a ruína trará a morte deles. Convindo embora que (desta vez) não se lhes permita nenhum ressurgimento. O humanismo deles está claramente revelado. E pode perfeitamente ter o fim que dispensaram a Sadam e a Kadafy. 

No comments:

FIND MADDIE!

Loading...