Saturday, December 3, 2011

EGIPTO: O PARADOXO DO PROGRESSO REGRESSIVO

Nas eleições egipcias e até agora, as minorias cristãs têm todos os motivos para o simples pavor. Como, de resto, as minorias ocidentalizadas e bem assim aqueles cuja formação jurídica e política pressupõe a subalternização do factor religioso para que sejam possíveis a vida e o estado. Só restam a Argélia e a Síria com o modelo de laicismo Árabe, inspirado e assente algures entre os exemplos de Ataturk e Nasser. O reencontro do equilibrio não será fácil. O dispêndio em vidas humanas não se afigura suave. E a desordem é um dos objectivos do inimigo americano (que joga, em alternativa, a ditadura ou o caos, as duas circunstâncias onde se pode comprar e vender tudo de todos).

No comments:

FIND MADDIE!

Loading...