Thursday, December 22, 2011

NATAL NO IRAQUE

Incapaz de retirar até agora, mas incapaz de manter a ocupação do Iraque, a besta americana retirOU. Com cerca de quatro mil e quinhentos mortos, mais de trinta e dois mil e quinhentos feridos, mais de setecentos e setenta biliões de dólares gastos e mais de cem mil civis assassinados, a besta americana foge. O último elemento da sua asquerosa sodadesca abandou o país. Com gritos e suspiros de alívio. Fica um país com inultrapassáveis problemas de radical oposição entre sunitas e chiitas, imposta pela ocupação militar externa, com os sunitas em resistência aberta. E os chiitas sem qualquer solidariedade com os interesses do até agora ocupante. Fica um país sem defesa face ao exterior, dividido entre a liderança referencial dos chiitas iranianos e a - por ora inútil, embora vagamente próxima - presença do sucessor do Sharif de Meca. A Casa de Saud tem fanfarronado muitíssimo do ponto de vista militar – participando na sangrenta repressão no Abu Dhadi que agravou exponencialmente as relações entre sunitas e chiitas – mas à medida que o declínio americano se acentua, os principes sauditas vão tropeçar com muita frequencia e muito visível nas próprias djilabas.

No comments:

FIND MADDIE!

Loading...