Friday, April 29, 2011

ENCETADA A VIA DA RESPONSABILIZAÇÃO DO VATICANO


Na Bélgica, a crise política enfraqueceu os mecanismos de protecção do execrando papismo e a corja do Vaticano foi citada em processo judicial. É a questão do abuso sexual de menores. (Na imunda tugária há muito mais questões além dessa, mas os mecanismos de protecção mostram-se sem brechas e assim continuarão nos próximos meses, mas não anos). As confrarias papistas lembraram-se de plagiar uma fórmula do movimento comunista internacional e falam agora de “anticatolicismo primário”. Na verdade, os papistas não são católicos (isso parece evidentíssimo). O papismo é lixo. E tóxico. Não é uma posição, mas um conjunto de delitos. Não é matéria de religião, é questão política e deve ser politicamente  alvejado sem transigências e com a radicalidade necessária. (Até porque eles não são nada meigos quando perseguem e não recuaram nunca diante do homicídio puro e simples, mesmo na tugária). À imputação de “anticatolicismo primário” deve responder-se a palavrão. Logo seguido de uma rusga de polícia. Na Bélgica essa rusga ocorreu na “conferência episcopal” e nem nos telemóveis deixaram que aquela gente tocasse. Até as tumbas foram abertas. É exactamente assim. Esta é a perspectiva geral. E a técnica adequada. a tugária isto não será possível sem contratar uma unidade russa de polícia, ou uma unidade de polícia composta por calvinistas americanos.

No comments:

FIND MADDIE!

Loading...