Monday, April 25, 2011

NOTICIAS E SITUAÇÃO DO "MÉDIO ORIENTE ALARGADO"

Na primeira guerra africana dos USA (Líbia), guerra por delegação, como nas tentativas de lançamento da “revolução verde” na Síria, três cadeias de televisão têm prestado um serviço inestimável à opinião pública: a Telesur, a partir de Caracas, A Russia Today e a Press TV de Teerão. A primeira esforça-se por obter a contra-perspectiva face às versões difundidas pela OTAN e tem feito um magnífico trabalho (para o qual já tinha alertado o próprio Fidel Castro). A segunda procede a um “levantamento” inestimável de opiniões no ocidente e prossegue o seu trabalho radicalmente imparcial, a terceira fornece uma perspectiva militante, bastante alinhada, mas muitíssimo clara e devemos estar-lhe gratos por isso. Nenhuma delas manipula imagens, nenhuma delas subscreve a primeira versão sem a investigar pelos seus enviados no exterior. Têm feito um trabalho brilhantíssimo. Importantíssimo. E com um detalhe tacticamente discreto, mas estrategicamente demolidor: A liberdade de imprensa, face aos interesses militares imediatos, tem sido exercida por eles e não pelos que se reivindicam campeões dessa liberdade. Isto não pode deixar de ter consequências. Sendo certo que a primeira consequência foi impedir a OTAN de ganhar a guerra de propaganda junto da opinião pública. Emergiram realmente novos poderes no mundo. E isso basta para ser já possível viver de outro modo.

No comments:

FIND MADDIE!

Loading...