Friday, April 29, 2011

A RÚSSIA NÃO TEM INIMIGOS


Mortos há muito os últimos generais, sobra ainda o testemunho de inúmeros soldados vivos e a Rússia prepara o 66º aniversário da sua vitória sobre a “Alemanha nazi”. em bom rigor o projecto de divisão e partilha da Santa Terra Russa não foi ainda abandonado. Continua a ser cultivado pela execranda escumalha da colina vaticana. Recordamos ainda, a tal propósito, a alusão explícita a esse sonhado desmembramento territorial na voz do protector da pederastia  papista José Policarpo, com a (também dele)  “Europa até aos Urais”. E o mais que cabe a tal Nulicarpo – sendo isso já muitíssimo – é, provisoriamente, uma casinha nas Caldas com piscina cuja única utilidade plausível será a de um afogamento oportuno. Mas o projecto  de desmembramento continua também nas cabeças de não raros idiotas com interferência visível na condução da política externa americana. Ora, na parada da vitória, a Santa Rússia diz, como sempre (desde que o Neva engoliu os asquerosos cruzados diante de Santo Alexandre Nevsky) que a Rússia não tem inimigos. Tendem à morte súbita, os inimigos da Rússia. Às vezes o sintoma desse destino seguro é exactamente a manifestação dessa inimizade.

No comments:

FIND MADDIE!

Loading...