Thursday, February 9, 2012

NOVA TEOLOGIA MORAL DO VATICANO?

Os jesuítas foram chamados à construção da Teoria Geral da pederastia no vaticano. E um grupo de jesuítas e não-jesuítas que sabem da coisa (qualidade que lhes não discutimos) reuniu na Gregoriana, com o "distinguo" na ponta da língua. E então confundem para distinguir. Não se ocupam da pederastia, mas da litote, da "pedofilia". Depois dizem que "só há" uns trezentos casos de pedofilia. "Percentagem baixa". Porque a "pedofilia", dizem, é só com os impúberes. Com os outros são casos de "efebofilia" e esses são mais, uns sessenta por cento dos casos totais conhecidos. Depois da "teologia moral" do preservativo, vem a "teologia moral" da pederastia, está visto. É a panascracia triunfante. Ora bem, "optimi padri", em verdade vos dizemos:"Na anilha". Na anilha, de acordo com a sólida perspectiva político-filosófica do anticlericalismo republicano que pela graça de Deus vos não suporta nem suportará algum dia. "Na anilha", sim. Dezenas de milhares de vítimas na Irlanda e na Holanda (como em todo o lado onde isso se investigue), vítimas de todos os abusos e não apenas dos sexuais e vv.rr.ªª "a falar de pintelhos" (que é como diz aquele bom católico Catroga - empregado do PC Chinês na EDP - que os traz na boca, q.e.d.). Entretanto, porque a ave de Minerva só abre as asas ao poente, o Real Partido Socialista Obrero Español, anuncia que quando (e se, acrescentamos nós) voltar ao poder, vai rever a concordata. Mas a melhor concordata é a sem cordata. Esse bando de parasitas e pederastas do vaticano que vá aprender a fazer alguma coisa de útil em algum lado. E quem queira aturá-los que lhes pague (nos limites da moral pública e dos bons costumes). 

No comments:

FIND MADDIE!

Loading...