Sunday, June 19, 2011

A CULPA É DO OCTÁVIO?

Se o garoto não tivesse insistido - só porque era mal educado, pacóvio, mesmo, e porque nunca tinha visto nada em tempo útil  - se o garoto não tivesse insistido que a opção imperial haveria de ser ocidental e romana, ao invés de ser - naturalmente- oriental e grega, nada disto tinha acontecido. Agora desliza de novo para a ruina o (novo) império do ocidente e de novo emerge a evidência de sempre: o império será oriental e grego porque não pode haver império contra a Grécia e contra o Oriente. A culpa é do Octávio portanto. Mas o Octávio não fez a Opus, nem os legionários de Cristo. Tão pouco fez  o BCP. E nem sequer fez a "nunciatura apostólica" (isso foi Mussolini). Nem a embaixada americana (essa parece ter sido de Luis XVI que, coitado, bem podia ter estado quieto e calado). E além do mais, Octávio, parece, pediu à hora da morte o aplauso de fim de peça. Afirmou-se actor. E rompeu a fronteira do seu poente envolvido numa salva de palmas. Sendo certo que no dia seguinte e como todos os dias a alvorada gritou, mais uma vez, sobre o mundo: "ex oriente lux". Já la dizia o outro, (não é?) "Was nützt es dem Menschen, wenn er Lesen und Schreiben gelernt hat, aber das Denken anderen überläßt?"
 

No comments:

FIND MADDIE!

Loading...